Jornal norte-americano diz que Temer sacrifica Amazônia em corrida do ouro catastrófica

A extinção da Reserva Nacional de Cobre e seus Associados (Renca) pelo usurpador Michel Temer foi notícia no jornal norte-americano The New York Times.

Em texto publicado na última segunda-feira (18), intitulado “Na Amazônia, surge uma corrida do ouro catastrófica, o periódico destacou que “o presidente interino do Brasil, Michel Temer, está disposto a sacrificar milhões de hectares de floresta tropical em busca de um ‘grande projeto’ do século XVI: fortunas de ouro na Amazônia”.

“Como seu homólogo nos Estados Unidos, Donald Trump, o Sr. Temer trata os regulamentos ambientais, como burocracia. Ao abrir cerca de 30% de Renca para a exploração mineral, o decreto estabelece um precedente perigoso ao dissolver uma barreira federal de longa data para o desenvolvimento, deixando outras áreas protegidas, dentro e além da reserva, expostas ao potencial de pesquisa e exploração”, escreveu o jornal.

The New York Times reforçou que um poderoso lobby de fazendeiros, madeireiros, especuladores de terras e empresas de mineração, parte da chamada bancada ruralista, “recentemente interveio para proteger o Sr. Temer de uma investigação federal de corrupção”.