Temer corta Bolsa Família de quase 5500 londrinenses

Enquanto deputados comemoram a liberação de bilhões de reais em emendas parlamentares e inúmeros cargos, famílias passam por necessidade após o megacorte promovido pelo governo de Michel Temer no programa Bolsa Família. Só no Paraná a medida atingiu diretamente cerca de 20 mil famílias.

Em Londrina, por exemplo, 1550 famílias — o equivalente a quase 5500 pessoas — deixaram de receber o benefício. Isso representa um total de R$ 267 mil por mês que deixaram de rodar no comércio e, mais do que isso, representam um enorme retrocesso nesta política social.

O deputado federal Enio Verri (PT-PR) criticou veementemente a atitude. “Essa é a lógica deste governo golpista: tirar dos menos favorecidos para dar aos ricos. Enquanto os que patrocinaram o impeachment recebem regalias, Temer sangra um dos mais importantes programas sociais da história do Brasil, que é o Bolsa Família”, disse.