Gleisi anuncia R$ 8 milhões para municípios paranaenses atingidos pelas chuvas

Publicado em 11 de julho de 2013

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, anunciou nesta quarta-feira (10), dentro da programação da XVI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, recursos da ordem de R$ 8 milhões para cidades do Paraná atingidas pelas chuvas. O montante será repassado via Cartão de Pagamento de Defesa Civil, instrumento utilizado pelo governo federal para facilitar o envio de recursos para regiões em situação de emergência ou estado de calamidade pública.

De acordo com a ministra, o governo fará o depósito nos próximos dias. As prefeituras que já possuem o cartão poderão utilizar os recursos ainda nesta semana. “A disponibilização será imediata para que os prefeitos possam fazer frente a essa situação”, destacou. A medida contemplará cerca de 80 cidades. O valor a ser repassado dependerá da situação de cada localidade. As prefeituras que ainda terão que solicitar o cartão, poderão contar com os recursos na próxima semana.

O Estado também será contemplado com recursos adicionais para reconstrução de pontes, bueiros e prédios públicos. Segundo Gleisi Hoffmann, neste caso, os prefeitos terão que primeiramente apresentar as propostas e posteriormente serão firmados os convênios. O valor para esta ação, de acordo com ela, dependerá da demanda do Paraná.

“Nós sabemos o drama das pessoas, as dificuldades que muitas vezes as prefeituras têm em dar resposta. O que estiver ao alcance do governo, nós vamos fazer. Se tivermos a visão de que é necessário unirmos nossas forças, tenho certeza que a gente consegue atender com mais celeridade”, pontuou.

Gleisi Hoffmann ainda lembrou que dos R$ 3 bilhões anunciados hoje pela presidenta Dilma Rousseff aos municípios, R$ 183 milhões serão destinados ao Paraná. Os recursos são para que as prefeituras possam prestar serviços de melhor qualidade à população. Os valores serão liberados em duas parcelas: a primeira, em agosto deste ano, e a segunda, em abril de 2014.

“É um esforço do governo federal, mesmo com uma crise internacional financeira e com dificuldades na questão fiscal. A presidenta entendeu que essa é uma hora que temos que unir esforços e para dar resposta à população”, lembrou Gleisi Hoffmann. “Nós vivemos em um País continental. De um lado temos fortes chuvas, do outro lado seca e ainda fortes inundações. É o nosso dever não deixar desalentado nenhum administrador público”, completou o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra.

Enio e Lula

Vem com a gente

Lula e Dep. Federal Enio Verri

Faça parte da rede de defesa dos DIREITOS SOCIAIS e pela DEMOCRACIA.

Enviar mensagem
Vamos conversar?
Olá!
Envie sua mensagem para o deputado Enio Verri.