Mesa diretora da Alep acata pedido de Verri e suspende projeto que extingue comissionados e cria gratificações

Publicado em 17 de outubro de 2013

Assessoria de Imprensa Enio Verri

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valdir Rossoni (PSDB), acatou o pedido de Questão de Ordem apresentado pelo deputado Enio Verri (PT) e retirou da pauta da sessão desta quarta-feira (16) o projeto de lei de autoria do governo estadual que extingue mil cargos comissionados e institui gratificações a funcionários de carreira do estado.

O pedido de Questão de Ordem foi feito na sessão de ontem, durante a primeira votação da matéria. Membro da Comissão de Finanças da Alep, Verri afirmou que não foi convocado para a reunião da comissão que aprovou parecer favorável ao projeto, realizada no último dia 8.

“O presidente da comissão não seguiu o regimento. Ele chamou apenas alguns deputados para dar quórum e aprovou o parecer. Como não fui convocado, nem meu suplente, e o parecer da comissão deve ser anulado”, explicou. De acordo com o regimento da Alep, os membros da comissões devem ser convocados para as reuniões com antecedência mínima de 24 horas.

Em entrevista a uma rádio de Curitiba, o presidente da Comissão de Finanças, deputado Jonas Guimarães (PMDB) reconheceu que Verri não foi convocado. “O deputado não foi encontrado no momento em que se convocou a reunião.”

Diante do impasse, Rossoni encaminhou ofício a Guimarães para esclarecer a questão e suspendeu a votação do projeto até pronunciamento do presidente da comissão.

Para a oposição, a medida não representa economia, uma vez que 400 cargos comissionados não estão ocupados e os cargos extintos serão substituídos por gratificações a funcionários de carreira que passarão a exercer cargos de chefia.

Levantamento realizado pela bancada estadual do PT divulgado ontem mostrou que, entre janeiro e outubro deste ano, o governo estadual gastou R$ 14,7 milhões a mais com comissionados do que o mesmo período do ano passado.

Enio e Lula

Vem com a gente

Lula e Dep. Federal Enio Verri

Faça parte da rede de defesa dos DIREITOS SOCIAIS e pela DEMOCRACIA.

Enviar mensagem
Vamos conversar?
Olá!
Envie sua mensagem para o deputado Enio Verri.