Apoio da população ao Programa Mais Médicos alcança 84,3% na pesquisa CNT

Publicado em 7 de novembro de 2013

Agência Brasil

Levantamento divulgado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), encomendado ao Instituto MDA, revela que 84,3% aprovam o programa Mais Médicos, do governo federal. De acordo com a mostra, divulgada nesta manhã, 66,8% acreditam que os médicos estrangeiros estão capacitados para atender a população brasileira.

Em julho, a mesma pesquisa apontou aprovação do Mais Médicos de 49,7% da população. Em setembro, esse percentual subiu para 73,9%, alcançando 84,3% em novembro. O levantamento mostra também que o programa tem a desaprovação de apenas 12,8% da população. Entre os entrevistados, 13% consideram que o programa cumpre totalmente os objetivos para os quais foi criado, enquanto 46% declararam que ele cumpre apenas em parte.

A iniciativa tem como objetivo levar médicos – brasileiros e estrangeiros – a regiões carentes e com déficit de profissionais da saúde em todo o País. Logo que foi anunciado, o programa recebeu duras críticas da classe médica, que argumentou que não faltavam médicos no território brasileiro e condenaram a qualificação de profissionais estrangeiros, especialmente os cubanos.

Os números da pesquisa comprovam que a campanha dos conselhos regionais de medicina e sindicatos contra o Mais Médicos, o que resultou em protestos em municípios de todas as regiões, não funcionou. Segundo o ministério da Saúde, 2.167 médicos estrangeiros desembarcaram no Brasil no final de outubro, que, ao se juntarem ao grupo de 1.499 profissionais já em atendimento, atenderão 13 milhões de brasileiros.

Na avaliação dos que responderam à pesquisa, a saúde (87,4%) é a ação pública que mais precisa de melhorias. Em seguida estão educação (49,7%), segurança (34,3%), emprego (13,3%), habitação (5,5%) e transporte (3,9%). A política é apontada como a área que mais precisa de reformas. Foram entrevistadas 2.005 pessoas, em 135 municípios de 21 unidades da Federação, entre os dias 31 de outubro e 4 de novembro. A margem de erro é 2,2 pontos percentuais.

Enio e Lula

Vem com a gente

Lula e Dep. Federal Enio Verri

Faça parte da rede de defesa dos DIREITOS SOCIAIS e pela DEMOCRACIA.

Enviar mensagem
Vamos conversar?
Olá!
Envie sua mensagem para o deputado Enio Verri.