Enio Verri é reeleito presidente do PT Paraná

Publicado em 13 de novembro de 2013

O deputado Enio Verri foi reeleito presidente do Partido dos Trabalhadores do Paraná. Com aproximadamente 82% das urnas apuradas até às 13 horas desta quarta-feira (13), ele havia recebido 9.337 votos e irá comandar o PT do Paraná pelos próximos quatro anos.

De acordo com Verri, a principal tarefa depois da composição do diretório estadual, que deverá ocorrer em dezembro, será a organização de um amplo leque de alianças em torno da pré-candidatura da ministra Gleisi Hoffmann ao governo do Paraná. “Queremos reproduzir no estado o campo de alianças que apoia presidenta Dilma. Isso implica buscar alianças com todos os partidos, exceto PSDB, DEM e PPS, que são radicalmente contra todas as politicas econômicas e sociais que nós desenvolvemos. Queremos trazer para nosso campo de apoio os demais partidos que optarem por não ter candidatura própria no Paraná.”

O dirigente disse que outra prioridade do PT-PR em 2014 será fazer da presidenta Dilma a candidata mais votada no estado. “As condições para isso estão postas. As pesquisas apontam um reconhecimento muito grande do trabalho que a presidenta Dilma fez pelo Paraná.”

Internamente, entre os objetivos do próximo mandato, de acordo com Verri, será encontrar novos mecanismos de formação política para a militância paranaense. “Vamos apostar na formação política na prática, durante os processos eleitorais, na construção partidária do dia a dia, trabalhando para formar um partido cada vez mais consolidado com sua origem de esquerda. Outra prioridade será organizar o partido como diretório nos 399 municípios do Paraná. Vamos ter que atuar de forma mais clara neste sentido, talvez aumentar de 13 para um número maior de regiões e reorganizar os coordenadores, já que é uma nova gestão, para que a presença seja mais forte em cada município.”

Em relação ao PED, o presidente reeleito agradeceu aos filiados que participaram do processo. “Quem votou mostrou a qualidade da nossa militância, que acredita no partido e tem certeza que o PT precisa avançar mais”, afirmou.

Ele ainda elogiou os demais candidatos a presidente – Dr. Rosinha, Ulisses Kaniak e Roberto Elias Salomão – pelo alto nível dos debates sobre o futuro do partido no estado. “As propostas que eles fizeram, pela proporcionalidade que existe no PT, serão agregadas a partir de agora. Isso mostra que, no PT, você pode discutir número de pessoas presentes na direção, mas todas as teses estarão presentes na próxima direção do partido.”

Verri também agradeceu o apoio dos ministros Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo; deputados federais André Vargas, Ângelo Vanhoni, Assis do Couto e Zeca Dirceu; deputados estaduais Elton Welter, Luciana Rafagnin, Péricles de Mello e Toninho Wanscheer; prefeitos, vices, vereadores e demais dirigentes do PT-PR e lideranças sindicais e dos movimentos sociais que apoiaram sua reeleição à presidência. “Nossos compromissos serão mantidos e a luta por um novo Paraná vai acontecer a cada dia e todos juntos.”

De acordo com a última parcial divulgada pelo PT-PR, Verri tinha 71,94% dos votos válidos, seguido pelo candidato Dr. Rosinha, com 2.394 votos (18,44%); Ulisses Kaniak, com 816 votos (6,28%) e Roberto Elias Salomão, com 431 votos (3,21%).

Enio e Lula

Vem com a gente

Lula e Dep. Federal Enio Verri

Faça parte da rede de defesa dos DIREITOS SOCIAIS e pela DEMOCRACIA.

Enviar mensagem
Vamos conversar?
Olá!
Envie sua mensagem para o deputado Enio Verri.