Dilma: Não há lugar para o pessimismo no Brasil

Publicado em 21 de março de 2014

Partido dos Trabalhadores

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta quinta-feira (20), em Imperatriz, no Maranhão, durante inauguração de unidade de produção de celulose da Suzano, que o empreendimento mostra a confiança do empresariado no país. Segundo a presidenta, o Brasil não pode aceitar o pessimismo.

“O Brasil é fruto do otimismo. Porque nos Lusíadas, a obra que funda a língua portuguesa, ele conta o seguinte: estavam os nossos descobridores, nossos portugueses que vinham para o Brasil se preparando para embarcar e ao se preparar tinha um senhor idoso que falava, não vão, o navio vai afundar (…) Esse velho era conhecido como o Velho do Restelo. Então, o Brasil não é um país que pode aceitar o pessimismo, porque ele é fruto do imenso otimismo”.

Dilma citou a unidade como exemplo de crescimento econômico, geração de empregos e desenvolvimento sustentável. A planta possui capacidade de produção de 1,5 toneladas por ano, recebeu investimento de R$ 6 bilhões e criou 3,5 mil empregos diretos.

“Vai melhorar a economia e a vida das pessoas. Aqui vão trabalhar 3,5 mil brasileiros e brasileiras (…) nada mais representativo do Brasil que reencontrou seu caminho de gerar empregos. Agora em fevereiro, nós geramos muitos postos de trabalho. Foi um dos melhores fevereiros desde 2002 em matéria de geração de trabalho. E nesses anos do meu governo nós geramos algo até agora, até fevereiro, algo como 4,8 milhões de postos de trabalho”.

Enio e Lula

Vem com a gente

Lula e Dep. Federal Enio Verri

Faça parte da rede de defesa dos DIREITOS SOCIAIS e pela DEMOCRACIA.

Enviar mensagem
Vamos conversar?
Olá!
Envie sua mensagem para o deputado Enio Verri.