Há 34 anos, Lula era libertado

Publicado em 20 de maio de 2014

Muda Mais

No dia 19 de abril de 1980, Luiz Inácio Lula da Silva foi preso pelo DOPS, a polícia política do governo ditatorial. Seu crime? A liderança sindical, a capacidade de mobilizar trabalhadores, de ser a voz dos operários, de incomodar o status quo. Foi acusado de ferir a Lei de Segurança Nacional. Lula estava em seu segundo mandato como presidente do Sindicato de Metalúrgicos de São Bernardo e Diadema. Além de Lula, foram presos também outros líderes do movimento sindical, como Djalma de Souza Bom, Rubens Teodoro de Arruda e Enilson Simões de Moura, o Alemão.

Foram 31 dias preso devido ao que foi conhecido como “Greve dos 41 Dias”, maior paralisação de trabalhadores no Brasil até então, por mais salários, mais direitos trabalhistas e condições mais dignas de trabalho. Lula estava na cadeia por lutar por justiça e por respeito.

No dia 1º de maio de 1980, mesmo com os principais líderes sindicais presos, 120 mil trabalhadores do ABC paulista se reuniram em comício. No dia 5, como forma de pressionar para retomada das renegociações trabalhistas, Lula e seus companheiros iniciam greve de fome, que duraria seis dias. No dia 11, a greve acaba após demissões sumárias e forte repressão policial.

Dia 12 de maio, Eurídice Ferreira de Melo, D. Lindu, mãe de Lula, morre de câncer. No dia seguinte, Lula é escoltado por policiais para ir ao enterro da mãe – onde o aguardam 2 mil trabalhadores em sinal de apoio e respeito à luta. Finalmente, em 20 de maio de 1980, Lula é libertado. No ano seguinte, ele é condenado a 3 anos e 6 meses de prisão – sentença que nunca chega a cumprir, uma vez que, tentando desfazer a injustiça cometida, o Superior Tribunal Militar anulou seu processo.

Em 1986, Lula foi o deputado constituinte mais votado. Em 1989, 1994 e 1998, concorreu nas eleições à presidência da república, sem sucesso. Finalmente , em 2002, Lula tornou-se o primeiro presidente operário do Brasil, sendo reeleito em 2006 e deixando a presidência com índices recordes de aprovação. Ousar lutar, ousar vencer!

Enio e Lula

Vem com a gente

Lula e Dep. Federal Enio Verri

Faça parte da rede de defesa dos DIREITOS SOCIAIS e pela DEMOCRACIA.

Enviar mensagem
Vamos conversar?
Olá!
Envie sua mensagem para o deputado Enio Verri.