Forças armadas reforçam time da segurança da Copa

Publicado em 5 de junho de 2014

PT

A Seleção Brasileira, que faz nesta terça-feira (3) seu último amistoso antes da estreia na Copa do Mundo, foi escoltada por cerca de 150 militares das Forças Armadas em seus deslocamentos, no Rio de Janeiro. O contingente reforçou as ações dos órgãos de segurança da Capital fluminense, no trajeto entre a Granja Comary, onde o time treina, e a Base Aérea do Galeão, de onde a seleção embarcou para Goiânia.

Durante a Copa do Mundo, as Forças Armadas usarão em torno de 57 mil militares, sendo 35 mil do Exército, 13 mil da Marinha e nove mil da Aeronáutica. O efetivo vai reforçar na segurança e defesa do evento, durante um mês. No trabalho também terão agentes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

Segundo o Ministério da Defesa, serão empregados 84 aeronaves, sendo 24 Super Tucano – também usados em interceptações de aviões do narcotráfico, dez caças F-5, três aviões radares e 47 helicópteros, que serão utilizados na fiscalização e na defesa do espaço aéreo brasileiro durante os jogos. Outras aeronaves darão o apoio às ações.

Além disso, a Marinha colocou à disposição, quatro fragatas, uma corveta, 21 navios-patrulha, um navio de desembarque e mais de 180 lanchas.

Seleções – Três seleções que estarão na Copa do Mundo 2014, já treinam em território nacional. A equipe da França está concentrada em um hotel de Ribeirão Preto. A Croácia, primeira adversária do Brasil, está em Salvador, enquanto a Austrália, que chegou na semana passada, treina no Espírito Santo. Várias outras seleções devem chegar no decorrer da semana.

Enio e Lula

Vem com a gente

Lula e Dep. Federal Enio Verri

Faça parte da rede de defesa dos DIREITOS SOCIAIS e pela DEMOCRACIA.

Enviar mensagem
Vamos conversar?
Olá!
Envie sua mensagem para o deputado Enio Verri.