Petistas registram aumento de 43% no número de seguidores nas redes sociais

Publicado em 3 de janeiro de 2017

PT no Senado

O ano de 2016 mostrou que com o campo da esquerda está mais vivo e unido do que nunca, ao contrário do que muitos pensaram e apesar do golpe contra a democracia. Dados da consultoria Bites mostram, em 2016, um aumento de 43% no número de seguidores do PT nas redes sociais. Os 68 parlamentares da legenda, juntos, somaram 5,1 milhões de seguidores.

O levantamento também mostra a legenda que chefiou o golpe, o PMDB, com perda em seu número de seguidores nas redes. A legenda apresentou decréscimo de 3% no número de seguidores entre julho e dezembro do último ano, ficando com 3,8 milhões.

Para a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) – possui quase 550 mil seguidores no Facebook – as redes sociais se tornaram parte fundamental da atuação parlamentar, principalmente como ferramenta de contraposição ao que publica a mídia tradicional do País. “As redes sociais são um grande aliado na divulgação correta das informações. Um espaço de debates, de troca de experiências e um contraponto à forma como grande parte da imprensa tem agido nos últimos anos”, disse.

O deputado Enio Verri (PT-PR) – se aproxima dos 300 mil seguidores no Facebook – acredita que os números mostrados pela pesquisa apontam um PT que tem feito um bom trabalho na busca de um diálogo constante com a população. “As redes representam um canal importante de prestação de contas e de defesa dos direitos de todos os brasileiros que sofrem com o enfraquecimento da democracia e os ataques a Constituição. Um crescimento significativo que demonstra a representatividade do PT e a importância de conteúdos e informações alternativas e complementares àquelas apresentadas pelos meios de comunicação tradicionais”, destacou.

Já para o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) –possui aproximadamente 150 mil curtidas em seu Facebook – o levantamento revela uma expressiva parcela da população que se posiciona contra o modelo governista imposto após o golpe. “Os dados deixam claro o quanto o brasileiro está insatisfeito com as medidas adotadas pelo governo ilegítimo. Os números mostram que o cidadão quer saber quais as alternativas temos para que o Brasil retome seu caminho de desenvolvimento e respeito à democracia, ao mesmo tempo em que procura em páginas de parlamentares do PT informações que se contraponham ao monopólio do discurso da mídia tradicional”, salientou.

Enio e Lula

Vem com a gente

Lula e Dep. Federal Enio Verri

Faça parte da rede de defesa dos DIREITOS SOCIAIS e pela DEMOCRACIA.

Enviar mensagem
Vamos conversar?
Olá!
Envie sua mensagem para o deputado Enio Verri.