Obstrução é a ordem do dia

Publicado em 23 de maio de 2017

partidos de oposição

Na manhã desta terça-feira (23), a Liderança da Minoria, na Câmara dos Deputados, sediou reunião da qual a resolução tirada foi a de obstruir as votações de todas as matérias apresentadas, até que o presidente da Casa, Rodrigo Maia, instale uma Comissão Especial para analisar a admissibilidade do Impeachment do ilegítimo Temer.

Participaram da reunião os líderes, da Minoria e do PT, José Guimarães e Carlos Zarattini; do PDT, Weverton Rocha e os deputados, Rubens Pereira Jr. (PCdoB); Pompeu de Mattos e André Figueiredo (PDT); Alessandro Molon (REDE); Paulo Teixeira, Zé Geraldo, Henrique Fontana e Enio Verri (PT).

Em entrevista coletiva, Guimarães justificou o posicionamento de obstrução devido ao caótico momento político pelo qual passa o País. Segundo o líder, não há como debater matérias em tramitação na Casa quando as instituições não estão em pleno funcionamento. “Não há normalidade no País diante de fatos que comprometem a manutenção deste governo, que acabou”, declarou o deputado.

De acordo com Enio Verri, a crise em que o governo do ilegítimo presidente Temer envolveu o País, com seus desmandos e mentiras, não pode ser ignorada pelo Congresso Nacional. Segundo ele, a oposição não aceita a acusação de estar atrapalhando o País por meio de obstrução às matérias apresentadas por Maia, como se houvesse normalidade política, econômica e institucional.

“Se o governo quer aprovar alguma coisa nesta Casa, que ele coloque a sua base para fazer isso. Não seremos nós, que sofremos o golpe dado contra a democracia, que vamos votar projetos para dar um caráter de normalidade nesse momento de grave crise”, disse vice-líder da Minoria.

Enio e Lula

Vem com a gente

Lula e Dep. Federal Enio Verri

Faça parte da rede de defesa dos DIREITOS SOCIAIS e pela DEMOCRACIA.

Enviar mensagem
Vamos conversar?
Olá!
Envie sua mensagem para o deputado Enio Verri.