Reestruturação do governo aprovada pela Câmara penaliza população de baixa renda, denuncia Verri

Publicado em 16 de outubro de 2019

Com o voto contrário da Bancada do PT, a Câmara aprovou nesta terça-feira (15) a medida provisória (MP 886/19) que reestrutura novamente a estrutura do Poder Executivo. Ao encaminhar o voto contrário do partido, o deputado Enio Verri (PT-PR) enfatizou que a medida é antidemocrática, na medida que ela é apenas uma reedição da MP 870/19. “O Congresso Nacional já se manifestou sobre esta medida, já vetou aquilo que achava que não era importante para o País. Debatemos isso de forma bastante longa, e o governo Bolsonaro, ao invés de acatar essa decisão, manda para cá novamente uma medida provisória com o mesmo texto. Isso, no mínimo, é um desrespeito ao Parlamento”, protestou.

Enio e Lula

Vem com a gente

Lula e Dep. Federal Enio Verri

Faça parte da rede de defesa dos DIREITOS SOCIAIS e pela DEMOCRACIA.

Enviar mensagem
Vamos conversar?
Olá!
Envie sua mensagem para o deputado Enio Verri.