Enio Verri fala ao Correio Braziliense sobre preços dos combustíveis e Petrobras

Publicado em 24 de março de 2022

Correio Braziliense publicou matéria sobre convocação do presidente da Petrobras ao Senado para esclarecer os dividendos estratosféricos pagos aos acionistas da empresa. Enio Verri afirmou que presidente da República tem responsabilidade no tema

Correio Braziliense – Em linha com a crise internacional do petróleo causada pela guerra na Europa, resquícios da pandemia e lucros elevados da Petrobras em 2021 (R$ 106 bilhões, sendo R$ 101,4 distribuídos em dividendos), a maior transferência de renda de sua história, senadores convocaram o presidente da estatal, general Joaquim Silva e Luna, foi convocado a dar explicações à Comissão de Infraestrutura (CI).

Os parlamentares querem explicações sobre os dividendos pagos aos acionistas. Principalmente, no ano em que a petroleira teve lucro recorde puxado pela crise enquanto os preços nas bombas escalonavam. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse em coletiva — na tarde desta terça-feira (22/3) — que a empresa deve explicações à sociedade brasileira sobre a alta no preço do diesel e da gasolina. O preço chegou a ultrapassar R$ 8 em alguns estados, no momento em que o mercado negocia o dólar abaixo de R$ 5.

Pacheco ainda mencionou um dos projetos do “pacote de combustíveis” relatados pelo senador Jean Paul Prates (PT-RN) aprovados no Senado, o PL 1472, que cria uma conta de estabilização para amortecer o preço dos combustíveis com previsão de usar lucros extraordinários que União teria para receber da Petrobras, como acionista majoritária.

O convite para o esclarecimento de Silva e Luna à CI partiu do senador Jean Paul — relator dos dois projetos do chamado pacote dos combustíveis. O general terá de explicar o pagamento aos acionistas do lucro bilionário da estatal no último ano.

O deputado e economista Enio Verri (PT-PR) explicou ao Correio que, apesar das críticas da ala governista, é o presidente da República quem indica o nome que o Conselho de Administração aprova. Portanto, mantendo o PPI. “A política que eles escolheram faz os preços aumentarem, pois o petróleo está sujeito também a variação cambial. Agora temos uma guerra em curso, mas antes do conflito, já estava elevado devido à pandemia. Se tem uma variação cambial e a política de preço é essa, o preço sobe”, explicou.

“Se o presidente da República, que aprovou essa política de preço, indicou o presidente, aprovou parte do Conselho de Administração, diz que não tem influência sobre isso? Algumas pessoas podem acreditar, mas o mercado não”, criticou. Para ele, a possível saída de Silva e Luna é uma forma de ganhar tempo para as eleições.

“O papel da oposição é desde o começo denunciar o PPI. Temos feito isso desde 2016. A PPI é uma inversão do papel do Estado, onde a prioridade é o sócio-privado. Um espaço de especulação do mercado e não a população brasileira”, disse Verri.

Leia a matéria na íntegra aqui.

Enio e Lula

Vem com a gente

Lula e Dep. Federal Enio Verri

Faça parte da rede de defesa dos DIREITOS SOCIAIS e pela DEMOCRACIA.

Enviar mensagem
Vamos conversar?
Olá!
Envie sua mensagem para o deputado Enio Verri.