Enio Verri critica aumento do diesel e prejuízos do reajuste para a população

No plenário da Câmara dos Deputados, Enio Verri denunciou como a política de preços da Petrobras afeta o bolso do consumidor e condenou o aumento de quase 9% do diesel

Aumento do diesel Enio Verri

No dia de hoje (10), o diesel passou a custar 8,87% mais caro nas refinarias. A Petrobras anunciou o aumento do preço do combustível, elevando o valor menos de dois meses depois do último aumento, no dia 11 de março. O consumidor deve passar a pagar em média 4,5% a mais no preço direto da bomba. Em pronunciamento, no plenário da Câmara dos Deputados, o deputado federal Enio Verri analisou de que forma o aumento afeta a população brasileira.

Segundo o parlamentar, existe um efeito da alta sobre o transporte e, consequentemente, sobre a competitividade do Brasil.

“A produção fica muito mais cara e tem menos inserção internacional. Além disso, há o preço do consumo da população do nosso País, em especial da população trabalhadora. Em um País onde o transporte rodoviário é maior do que qualquer outro tipo de transporte, isso implica aumento de preços. Portanto, nós temos um aumento ainda maior da inflação”, explicou Verri.

Mesmo que os mais impactados com o aumento sejam os caminhoneiros e transportadores de passageiros em coletivos, o aumento do diesel impacta diretamente a vida das pessoas, de acordo com o deputado paranaense. “Vai aumentar a inflação e o preço dos produtos. E, quando aumenta a inflação e não aumenta o salário ao mesmo tempo, há, é lógico, uma queda radical do poder aquisitivo da população. Em suma, o aumento do diesel deixa o povo mais pobre”.

O deputado finalizou sua fala na Câmara ressaltando que falta maior responsabilidade por parte do governo para controlar os sucessivos aumentos de combustíveis no Brasil. “Por que o presidente não desenvolve uma política de preços, então, que seja mais justa?”, questionou. E completou afirmando que a Petrobras poderia destinar parte do lucro da empresa para conter os inúmeros aumentos nos preços não só do diesel, mas também da gasolina, gás de cozinha e outros produtos. “Podemos pegar o exemplo do lucro da Petrobras no ano passado de 108 bilhões de reais. Se esses 8 bilhões fossem distribuídos aos acionistas privados e os outros 100 bilhões de lucro fossem utilizados para conter o preço do diesel, da gasolina, do gás de cozinha, o povo hoje estaria pagando muito mais barato. Mas é uma questão de escolha do governo”, apontou Enio Verri.

Nos últimos 12 meses, o diesel já havia subido 49%. Deve chegar ao bolso da população geral com possível aumento das passagens de ônibus. Em matéria do UOL, o coordenador do IPC (Índice de Preços ao Consumidor) do FGV IBRE (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas) André Braz, avaliou que qualquer reajuste que surja daqui para frente pesa mais na estrutura produtiva brasileira.

Enio e Lula

Vem com a gente

Lula e Dep. Federal Enio Verri

Faça parte da rede de defesa dos DIREITOS SOCIAIS e pela DEMOCRACIA.

Enviar mensagem
Vamos conversar?
Olá!
Envie sua mensagem para o deputado Enio Verri.