Congresso derruba veto a aumento do BPC; veja como votaram os deputados paranaenses

O Congresso Nacional derrubou o veto do presidente Jair Bolsonaro à proposta que amplia a concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC), segundo informações do Congresso em Foco. O projeto lei 3055/97, do Senado, aumenta de 1/4 de salário mínimo, para meio salário mínimo o limite da renda familiar per capita para idosos e pessoas com deficiência terem acesso ao benefício de Prestação Continuada (BPC). Foram 137 votos a favor do veto na Câmara, contra 302 votos contrários. No senado, 45 votaram pela derrubada do veto e 14 pela manutenção. Veja abaixo como votou cada deputado paranaense.

Deputados que votaram a favor do BPC:

Aliel Machado (PSB)
Aroldo Martins (Republican)
Boca Aberta (PROS)
Christiane de Souza Yared (PL)
Enio Verri (PT)
Giacobo (PL)
Gleisi Hoffmann (PT)
Gustavo Fruet (PDT)
Luciano Ducci (PSB)
Luiz Nishimori (PL)
Reinhold Stephanes (PSD)
Rubens Bueno (Cidadania)
Zeca Dirceu (PT)

Deputados que votaram contra o BPC:

Aline Sleutjes (PSL)
Diego Garcia (Podemos)
Felipe Francischini (PSL)
Filipe Barros (PSL)
Luisa Canziani (PTB)
Luizão Goulart (Republican)
Pedro Lupion (DEM)
Ricardo Barros (PP)
Sargento Fahur (PSD)
Schiavinato (PP)
Sergio Souza (MDB)
Toninho Wandscheer (PROS)
Vermelho (PSD)