DIAP coloca Enio Verri entre os “Cabeças” do Congresso Nacional 2021

O Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP) atribui a classificação aos parlamentares que se diferenciam no exercício de seu mandato. Enio Verri foi considerado destaque como articulador

O Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP) divulgou a 28a edição dos 100 parlamentares mais influentes de 2021. A lista completa dos “Cabeças” do Congresso Nacional possui 66 deputados e 34 senadores. O deputado federal Enio Verri (PT) está entre os sete representantes do Estado do Paraná. Esses parlamentares são, na definição do DIAP, aqueles parlamentares — deputados e senadores — que se diferenciam dos demais no exercício do seu mandato.

Entre os atributos estão o protagonismo no processo legislativo, condução de debates, negociações, votações, articulações e formulações, tanto pelo conhecimento quanto pela oportunidade, eficiência na leitura da realidade, que é dinâmica, e, principalmente, facilidade para conceber ideias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando a repercussão dessas, e tomada de decisão.

Já é a 3a vez que o parlamentar configura na lista. Este ano, ficou na 2a posição entre os parlamentares paranaenses, se destacando como articulador/organizador. Segundo a análise do departamento, o deputado paranaense se destaca no tema Tributação e Finanças.

A lista avalia os parlamentares com domínio sobre determinada s especializações, como “fontes de consulta de seus colegas e serem muito requisitados pela imprensa, são chamados com frequência para coordenar negociações, relatar matérias, encaminhar votações em plenários, enfim, são considerados no processo decisório”, descreve a pesquisa.

“Fico feliz de estar nessa lista, por conta do trabalho que estamos realizando no nosso mandato. Isso significa que estamos, de alguma forma, contribuindo positivamente para o trabalho no Congresso Nacional. E nosso intuito maior é esse, que o trabalho renda frutos para o Poder Legislativo, com objetivo maior de melhorar a vida das pessoas, e como economista, inserir todas e todos os cidadãos na vida econômica do país, na políticas públicas, em programas de governo e que ninguém seja prejudicado com propostas nocivas aos mais vulneráveis da nossa sociedade”, afirmou Enio Verri.

Enio Verri foi avaliado pelo Diap como um dos “Cabeças” do Congresso

O Diap explicou que neste ano, a escolha dos parlamentares foi impactada por dois episódios, ambos decorrentes da Pandemia, que levou ao isolamento social. O primeiro foi a adoção do sistema remoto nas Sessões da Câmara, Senado e Congresso, que dificultou identificação de parlamentares mais presentes nas articulações e negociações, já que estas tarefas ficaram restritas aos líderes e relatores nesse período. O segundo foi o início da instalação das comissões permanentes da Câmara dos Deputados, entre março e abril. De acordo com a entidade os colegiados são instâncias importantes de poder, que ajudam a identificar quem tinha prestígio ao ser indicado para presidir o colegiado. No entanto, os dois pontos não impediram a lista dos mais influentes de 2021.

A pesquisa levou em conta os parlamentares que estavam no efetivo exercício do mandato no período de avaliação, no período de fevereiro a junho de 2021.

Bancada do PT entre as cabeças do Congresso

Além do deputado Enio Verri, os colegas de Bancada do seu partido também configuram na lista dos “Cabeças” do Congresso Nacional de 2021. São eles:

Afonso Florence (BA); Alexandre Padilha (SP); Arlindo Chinaglia (SP); Bohn Gass (RS); Carlos Zarattini (SP); Erika Kokay (DF); Gleisi Hoffmann (PR); Humberto Costa (Senador -PE); Jaques Wagner (Senador-BA); Jean Paul Prates (Senador-RN); José Guimarães (CE); Paulo Paim (Senador-RS); Paulo Pimenta (PT-RS); Paulo Rocha (Senador-PA); Paulo Teixeira (SP) e Rogério Carvalho (Senador-SE).

Com informações do DIAP

Enviar mensagem
Vamos conversar?
Olá!
Envie sua mensagem para o deputado Enio Verri.