Enio Verri se reúne com Juventude do PT em Maringá e com lideranças em Sarandi

O deputado federal destacou o engajamento da juventude do PT em lutar por um país mais justo. Ele ainda participou de uma conversa com lideranças, em Sarandi,  sobre políticas de inclusão para crianças e adolescentes

Para o deputado federal Enio Verri é preciso dar espaço para a juventude, além de promover políticas públicas de inclusão de crianças, adolescentes e jovens. Segundo ele, tem que dar voz a essa geração cheia de energia para transformar o Brasil em um país mais igualitário e justo. 

Nesta sexta-feira (21), o parlamentar recebeu as lideranças da Juventude do PT em Maringá. O grupo debateu a importância de fortalecer o Partido dos Trabalhadores e o papel dos jovens na política. 

“Estamos vendo crescer uma geração consciente da sua potencialidade, mais preocupada com o social e com o meio ambiente. Isso é muito bom, afinal, os jovens são os nossos futuros governantes. Cabe a nós despertar o interesse deles pela política e permitir que participem ativamente de ações que vão beneficiar o país. Principalmente neste momento de crise. Nós precisamos fazer política para o povo, pensando ainda mais no povo. Precisamos de ideias e atitudes. É uma questão humanitária, as pessoas estão revirando lixo, morrendo de fome”, destacou o parlamentar.

Durante a reunião com a Juventude do PT, os participantes se mostraram comprometidos em buscar soluções, e com disposição sobrando para lutar pelo ideal de justiça e igualdade. Entre os presentes estavam: Maiara Oliveira, Victoria Correa, Joabe dos Santos, Mário Verri, Carlos Mariucci e Margot Jung.

Secretaria Nacional de Juventude do PT 

A JPT é uma uma Secretaria do Partido dos Trabalhadores criada para defender o direito da juventude brasileira, combatendo qualquer tipo de preconceito e injustiça. Tem ainda a missão de promover debates e construir políticas públicas em favor dos jovens. Além de incentivar a participação da juventude no cenário político. 

Políticas de inclusão de jovens

Em Sarandi, o assunto também foi a juventude, mas dessa vez sobre as propostas efetivas para ajudar crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social no município. O encontro reuniu lideranças políticas, lideranças religiosas e a comunidade interessada. 

O trabalho vem sendo realizado por meio da Secretaria de Assistência Social e da Secretaria da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer, com o apoio de organizações não governamentais e igrejas locais.  

O objetivo é usar a cultura e o esporte para evitar que jovens nessa condição sigam o caminho da marginalidade. Cláudio de Souza, secretário Municipal da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer, explicou quais são as dificuldades enfrentadas nos projetos de inclusão de jovens vulneráveis. Segundo ele, é preciso criar oportunidades profissionais e de qualificação. 

“Os problemas sociais são muito grandes. Nós temos uma missão, que é oferecer a cultura e o esporte como instrumento de socialização, para tirar a criança dos vínculos de pertencimento que não são tão saudáveis. A gente tem visto muitas mortes. O local foi asfaltado. Mas tem que vir o emprego, tem que vir a vaga na creche, tem que ter a vaga numa escolinha esportiva, numa oficina cultural. Isso é muito importante, e essa é a nossa missão. O foco é o ser humano. Nós estamos cuidando do ser humano”, disse Cláudio que finalizou agradecendo o apoio do deputado federal nessa missão. “E nosso grande parceiro tem sido o Enio Verri. Ele nunca deixou a gente na mão”. 

O apoio aos jovens e às suas respectivas famílias chega por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), que funciona como instrumento de acolhimento para a população que mais precisa.

O Creas de Sarandi, atualmente, funciona em um local alugado, mas em poucos meses vai se mudar para um prédio próprio, que está passando por ampliação e reforma. A estimativa é de que a obra seja concluída nos próximos 120 dias. O investimento é de R$ 320 mil e o recurso veio de uma emenda parlamentar destinada por Enio Verri.  

A ordem de serviço foi assinada no final do mês passado no gabinete do prefeito de Sarandi, Walter Volpato. Na ocasião, a secretária de Assistência Social, Lúcia Volpato, destacou a importância desse projeto finalmente sair do papel. Quero agradecer ao deputado Enio Verri por tornar esse projeto realidade. Esse recurso só vem nos ajudar. Porque nós temos uma demanda muito grande para atendimento no Creas, em Sarandi. Atualmente, estamos em um prédio alugado e agora teremos um prédio próprio e reformado. Um local que dará suporte ideal à população mais necessitada, um investimento que salva vidas. Possibilitando, assim, um espaço digno tanto para o atendimento da população como para os servidores desenvolverem os trabalhos”, afirmou Lúcia. 

E Enio Verri reafirmou o compromisso em legislar em favor daqueles que mais precisam. Segundo ele, é preciso promover mais política social. Temos sempre que pensar em criar caminhos para acabar com essa desigualdade de classes, que só aumentou nos últimos três anos. Temos visto a fila do desemprego e a pobreza crescendo no nosso país. Investir em projetos como o Creas, é investir na dignidade da população, é contribuir com uma política mais justa e igualitária”, enfatizou o parlamentar. 

De 2016 até agora, Enio Verri enviou cerca de R$2,7 milhões em emendas parlamentares para Sarandi. Os recursos foram distribuídos para as áreas de saúde, esporte e educação. 

 Creas

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social atua em três frentes em Sarandi. Oferece serviço especializado em abordagem social que trabalha com a população em situação de rua; conta ainda com Paefi, serviço de orientação e acompanhamento de famílias em situação de vulnerabilidade social, de conflito, negligência e abandono; e os serviços específicos para jovens infratores que estão cumprindo medidas socioeducativas.

Enviar mensagem
Vamos conversar?
Olá!
Envie sua mensagem para o deputado Enio Verri.