Líder do PT cobra explicações do governo sobre diretor do BC que vive nos EUA

O líder do PT na Câmara, Enio Verri (PR), protocolou hoje (24) requerimento de informações para o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, nos quais cobra todos os detalhes sobre como foi feita a autorização que permitiu que o diretor de política econômica do BC, Fabio Kanczuk, despachasse desde março em Boston (EUA), mesmo ocupando um cargo estratégico na administração pública do País.

O líder do PT, em entrevista à jornalista Carla Araújo, do UOL, afirmou que a ausência do diretor do país é um desrespeito à nação brasileira e ao cargo que ele ocupa. “É um escândalo o que está acontecendo. Como pode alguém que tem um cargo de extrema confiança da política monetária do Brasil morar nos Estados Unidos? Mesmo que se alegue que na pandemia caberia o trabalho remoto, caberia se fosse um cargo burocrático, menor, de menor importância estratégica para a economia brasileira”, disse.