Verba destinada por Verri entra na conta da prefeitura de Ângulo

Em meio à crise pela qual passa o País, poder oferecer melhoria, ainda que modesta, nos serviços públicos de saúde, é um privilégio e o desejo de toda administração comprometida com a sua função. É o caso do município de Ângulo, que recebeu uma emenda parlamentar de R$ 250 mil, encaminhada pelo deputado federal Enio Verri (PT), para ser investida na manutenção das estruturas da área da saúde. Infelizmente, o valor não faz frente ao que será subtraído do orçamento municipal, com a Nova Previdência, aprovada com o apoio de 24 dos 30 deputados do Paraná.

O recurso deverá ser aplicado na manutenção das edificações dos serviços de saúde. Seguramente, devido à reforma da Previdência, o município passará a arrecadar menos. Isso obrigará qualquer administração a diminuir as expectativas de novas licitações, que geram emprego e fazem a economia girar. Ângulo é muito dependente das aposentadorias e pensões pagas pela Seguridade Social, integralmente injetadas no mercado local. Com a Previdência de Bolsonaro e do ministro da Economia, Paulo Guedes, o montante dos valores circulantes no município pode cair pela metade. O deputado Enio Verri se diz estarrecido com a política proposta pelo governo. De acordo com ele, Bolsonaro investe na fome esperando colher desenvolvimento econômico e social.

“Diante do evidente desmonte do Estado de Bem-estar Social, além de outras frentes de destruição, como na educação e na saúde, resta perguntar aos brasileiros que tipo de Estado eles almejam para si e seus descendentes. Desejo que esse modesto valor possa contribuir para que a prefeitura melhore as condições de atendimento de quem mais precisa e já foi atingido pela reforma da Previdência”, disse Enio Verri.