Verri convida ministro da Economia a se explicar

O ministro da Economia, Paulo Guedes, será convidado a comparecer à Câmara dos Deputados para esclarecer à sociedade a extinção das tarifas antidumping, que incidiam sobre o leite importado da União Europeia (14,8%) e da Nova Zelândia (3,9%). Ele será ouvido pelas Comissões, de Finanças e Tributação (CFT) e de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio (CDEICS), das quais o deputado Enio Verri (PT) é titular da primeira e suplente da segunda. Enio Verri é, também, um dos subscreventes de um requerimento para a realização de uma audiência pública para tratar dos novos rumos da política de comércio exterior brasileira.

Ainda em fevereiro, o governo Bolsonaro chegou a prometer que aumentaria o imposto de importação sobre o leite, para compensar a não renovação das tarifas antidumping, que deveria chegar, segundo fontes do setor produtivo, a 42,8%. Porém, o ano já avançou sobre o mês de março e, até o momento, não houve taxação. Mais de um milhão de produtores de leite estão expostos à supressão da proteção tarifária, vigente desde 2001. No Paraná, são 60 mil produtores de leite que podem amargar terríveis prejuízos. Em sentido contrário, A União Europeia e a Nova Zelândia subsidiam a produção leiteira, que fará com que seus produtos cheguem ao Brasil a valores competitivos, prejudicando os produtores locais. Os europeus têm estocado 250 mil toneladas de leite em pó.