Verri destinou recursos para Santo Inácio investir em infraestrutura

Os pouco mais de cinco mil habitantes do município de Santo Inácio gozam de um bom Índice de Desenvolvimento Humano, de 0,7, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Esse dado é um indício de que os seus cerca de R$ 360 milhões de PIB são bem aplicados, haja vista a cobertura de esgotamento sanitário, que alcança mais de 35% dos estabelecimentos. De acordo com o deputado federal, Enio Verri, autor da emenda parlamentar de R$ 300 mil para recapeamento asfáltico de diversas ruas de Santo Inácio, esse é um tipo de obra que produz desenvolvimento estrutural, que alavanca o processo de urbanização, estabelecendo melhores condições de vida para a população e atraindo investimentos.

“Com as ruas asfaltadas, acaba-se com a poeira, com a lama e diminui a incidência de visitas aos postos de saúde. A população adoece menos, o município economiza e pode investir e outras áreas. Ademais, obras de infraestrutura contribuem para atrair investimentos”, esclarece Enio Verri.

Apesar de se sentir muito satisfeito de contribuir com Santo Inácio, Enio Verri se diz muito preocupado com o futuro da população. Segundo o deputado, as políticas recessivas dos governos federal e estadual vão atrasar o desenvolvimento do município. Ainda de acordo com ele, a reforma da Previdência, somada às medidas do governador Ratinho, como a de não cumprir a data-base dos servidores, serão empecilhos ao crescimento de um município cuja dependência de recursos externos passa de 80%, principalmente de aposentadoria e benefícios sociais.

“As políticas federal e estadual farão a classe trabalhadora perder até mais de 50% da capacidade de compras. O resultado não será outro senão a pobreza geral. Os trabalhadores vão consumir menos. Já o comércio venderá, contratará e pagará menos impostos. A consequência será uma queda brutal de dinheiro circulante no município, que produzirá um empobrecimento geral”, explica Enio Verri.